Shene O’Neill e Lacey Baker: Vencedores do SLS Super Crown 2016

Heey galera! Beleza?

Neste ultimo domingo (02) em Los Angeles (EUA), rolou o SLS Super Crown World Championship 2016 com disputas no Masculino e no Feminino. E então, eu trouxe um pequeno resumo de como foi a competição.

Entre os homens, representando o Brasil apenas Luan de Oliveira obteve conquistas que o levaram ao Super Crown. Em contrapartida, haviam 3 brasileiras entre as mulheres; a campeã de 2015 Letícia Bufoni, Pamela Rosa e a estreante Monica Torres.

FEMININO:

lacey-baker

Na disputa feminina quem se deu melhor foi Lacey Baker que teve o primeiro lugar, Leticia Bufoni em segundo e Alexis Sablone terminando em terceiro. No ano passado, Lacey Baker perdeu o pódio em sua primeira vez na SLS Women’s Super Crown. Isso deve ter sido o que a-alimentou para a vitória deste ano.

As brasileiras Monica Torres e Pamela Rosa não se deram tão bem na disputa, mas com certeza representaram o Brasil no evento junto com Letícia Bufoni, que ficou sem segundo lugar, mas infelizmente acabou se machucando feio quando mandou um ollie to boardslide em sua última tentativa de alcançar Lacey, que acabou se tornando campeão naquele momento.

Veja o vídeo do acontecimento abaixo:

Segundo ela em suas redes sociais, passa bem, e pelo visto não foi nada grave (ainda bem). Torcendo por uma breve recuperação!

Resultados finais:

1. Lacey Baker – 27.2
2. Leticia Bufoni – 26.3
3. Alexis Sablone – 24.6
4. Mariah Duran – 21.1
5. Aori Nishimura – 18.6
6. Alana Smith – 18.4
7. Pamela Rosa – 15.3
8. Monica Torres – 6.5

MASCULINO:

shane-oneill

O australiano Shane O’Neill é o campeão da disputa masculina do SLS Super Crown 2016. Vencer não foi uma tarefa tão fácil.  O’Neill tem sido a ponto de praticamente todo o tour. Neste ano, ele ganhou um Golden Ticket no concurso Tampa Pro e ele ficou em primeiro na SLS Nike SB Pro Open in Barcelona. Nyjah Huston levou para casa o segundo lugar. E Cody McEntire terminou em terceiro.

Chris Joslin dominando desde a sessão de Run Section (seção de 2 voltas livres de 45 segundos cada), ganhando um 9 e um 9.2 na sequência, passando pra sessão de Best Trick em primeiro lugar.

Porém, na parte de melhor manobra, Joslin não repetiu o desempenho e errou as primeiras tentativas. Quem dominou a seção foi Shane O’Neill com manobras muito técnicas como nollie 360º flip fs rockslide e um switch fs bigflip rock na trave. Logo atrás dele estavam Nyjah, com Paul Rodriguez na cola. Luan vinha atrás deles. Precisando de notas boas em suas últimas tentativas, o brasileiro até que tentou, mas levou uma nota baixa em um fs flip amplo, fazendo com que todo o público vaiasse a nota dos juízes.

Huston e P-Rod estavam na disputa ainda, porém também acabaram errando suas manobras nas últimas tentativas deixando o caminho aberto para Shane conquistar o titulo. Mas ainda faltava o último skatista antes de Shane comemorar. Chris Joslin veio sob a atenção de todos os presente e arriscou um um fs flip da rampa direto pro chão, mas não obteve sucesso. Resultado final: Shane O’neill campeão dos Super Crown da Street League pela primeira vez e com 150 mil dólares a mais no bolso.

O’Neill venceu também o Best Trick oferecido pela Diamond após a disputa principal, embolsando mais cinco mil dólares.

Resultados finais:

1. Shane O’Neill – 36,4
2. Nyjah Huston – 34,6
3. Cody McEntire – 34.4
4. Luan Oliveira – 33,5
5. Paul Rodriguez – 31.9
6. Tom Asta – 31,4
7. Chris Joslin – 27,7
8. Ryan Decenzo – 19.1

Fort abraço e beijo na bunda! 💋

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s