PTG Lança o Elasticorda

Elasticorda 03

Iae galera! Beleza?

A PTG Crew apresenta ao mercado brasileiro de skate uma novidade que vai aumentar o conforto de quem, assim como eu, costuma usar um cadarço no lugar do cinto. Normalmente quem mais usa, são os skatistas e pessoas que tem um estilo mais street/urbano.

Continuar lendo

Anúncios

Vans Pro Skate Tour 2016

Heey galera! Beleza?

Como já é tradição no meio do skate sair pela estrada e conhecer novos skatistas e picos diferentes, a equipe da Vans Brasil, composta por Lucas Xaparral, Danilo do Rosário, Ricardo Dexter, Marlon Silva e Daniel Kim, percorrerá 1.200km pelo estado de São Paulo na Vans Pro Skate Tour que começa amanhã (15 de Outubro).

A Vans Pro Skate Tour é a maior viagem que a equipe da Vans local já fez pelo Brasil. Em sua primeira edição, tour visitará nove cidades do interior, baixada e região metropolitana de São Paulo.

Em cada uma das paradas, além de muito skate, a Vans irá realizar sessões de autógrafos, distribuição de brindes, e também muitas surpresas para os skatistas locais, que dividirão as sessões com os skatistas da equipe brasileira da Vans no verdadeiro espírito Off The Wall.

vans-pro-skate-tour

Vocês também podem acompanhar a tour através das redes sociais oficiais da Vans e no site: www.vans.com.br/proskatetour

VANS PRO SKATE TOUR – AGENDA:

15/10 – São José do Campos
16/10 – Itu
18/10 – Campinas
20/10 – Ribeirão Preto
22/10 – São José do Rio Preto
25/10 – Piracicaba
27/10 – Americana
28/10 – Santos
29/10 – Santo André

Fort abraço e beijo na bunda! 💋

Red Bull Skate Arcade 2016

Redbull Skate Arcade 2016

Heey galera! Beleza?

O Red Bull Skate Arcade é uma competição com um conceito simples: andar de skate, filmar, fazer o upload e ganhar!

A cada segunda-feira, até o final de agosto, é definida uma manobra para os competidores mandarem e fazerem o upload no site oficial do evento. Cada vídeo será julgado por uma comissão técnica, que vai avaliar a execução originalidade e estilo. Além disso, a pontuação é formada pelo número de visualizações no vídeo, agilidade no upload e votos!

Os 24 atletas que tiverem a maior pontuação entre os países participantes carimbam o passaporte e vêm para o Brasil participar da final mundial. De 3 a 7 de novembro, o famoso IAPI Skate Plaza, em Porto Alegre (RS), será o palco da decisão que elegerá o grande campeão do Red Bull Skate Arcade 2016.

Mais informações podem ser conferidas no www.redbullskatearcade.com.br

Fort abraço e beijo na bunda! 💋

Matriz Skate PRO 2016

Heey galera! Beleza?

A história que começou há 8 anos atrás continua firme e forte para mais uma edição do campeonato profissional de rua de maior renome do skate brasileiro. Sim, o Matriz Skate Pro 2016 já tem data marcada!

Em 2016 também se completam 15 anos desde a inauguração da 1ª loja da Matriz Skate Shop em Porto Alegre, início de um sonho conjunto entre Marcus Cida e Cezar Gordo, ambos skatistas profissionais, em ajudar no crescimento do skate não só do Rio Grande do Sul, mas brasileiro.

matriz-skate-pro-2016

Então, se você for de Porto Alegre, só chega e fica ligado que nos próximos dias terão mais informações sobre o evento.

Data: 12 de Novembro de 2016 – Sábado
Horário: Das 9h às 18h30min
Local: Pista de Skate do IAPI (Praça Frederico Arnaldo Ballvé) – R. Dr. Eduardo Chartier, 965 Porto Alegre/RS
Entrada franca.

*Em caso de chuva, o evento será transferido para o Domingo, dia 13 de Novembro.

Fort abraço e beijo na bunda! 💋

Shene O’Neill e Lacey Baker: Vencedores do SLS Super Crown 2016

Heey galera! Beleza?

Neste ultimo domingo (02) em Los Angeles (EUA), rolou o SLS Super Crown World Championship 2016 com disputas no Masculino e no Feminino. E então, eu trouxe um pequeno resumo de como foi a competição.

Entre os homens, representando o Brasil apenas Luan de Oliveira obteve conquistas que o levaram ao Super Crown. Em contrapartida, haviam 3 brasileiras entre as mulheres; a campeã de 2015 Letícia Bufoni, Pamela Rosa e a estreante Monica Torres.

FEMININO:

lacey-baker

Na disputa feminina quem se deu melhor foi Lacey Baker que teve o primeiro lugar, Leticia Bufoni em segundo e Alexis Sablone terminando em terceiro. No ano passado, Lacey Baker perdeu o pódio em sua primeira vez na SLS Women’s Super Crown. Isso deve ter sido o que a-alimentou para a vitória deste ano.

As brasileiras Monica Torres e Pamela Rosa não se deram tão bem na disputa, mas com certeza representaram o Brasil no evento junto com Letícia Bufoni, que ficou sem segundo lugar, mas infelizmente acabou se machucando feio quando mandou um ollie to boardslide em sua última tentativa de alcançar Lacey, que acabou se tornando campeão naquele momento.

Veja o vídeo do acontecimento abaixo:

Segundo ela em suas redes sociais, passa bem, e pelo visto não foi nada grave (ainda bem). Torcendo por uma breve recuperação!

Resultados finais:

1. Lacey Baker – 27.2
2. Leticia Bufoni – 26.3
3. Alexis Sablone – 24.6
4. Mariah Duran – 21.1
5. Aori Nishimura – 18.6
6. Alana Smith – 18.4
7. Pamela Rosa – 15.3
8. Monica Torres – 6.5

MASCULINO:

shane-oneill

O australiano Shane O’Neill é o campeão da disputa masculina do SLS Super Crown 2016. Vencer não foi uma tarefa tão fácil.  O’Neill tem sido a ponto de praticamente todo o tour. Neste ano, ele ganhou um Golden Ticket no concurso Tampa Pro e ele ficou em primeiro na SLS Nike SB Pro Open in Barcelona. Nyjah Huston levou para casa o segundo lugar. E Cody McEntire terminou em terceiro.

Chris Joslin dominando desde a sessão de Run Section (seção de 2 voltas livres de 45 segundos cada), ganhando um 9 e um 9.2 na sequência, passando pra sessão de Best Trick em primeiro lugar.

Porém, na parte de melhor manobra, Joslin não repetiu o desempenho e errou as primeiras tentativas. Quem dominou a seção foi Shane O’Neill com manobras muito técnicas como nollie 360º flip fs rockslide e um switch fs bigflip rock na trave. Logo atrás dele estavam Nyjah, com Paul Rodriguez na cola. Luan vinha atrás deles. Precisando de notas boas em suas últimas tentativas, o brasileiro até que tentou, mas levou uma nota baixa em um fs flip amplo, fazendo com que todo o público vaiasse a nota dos juízes.

Huston e P-Rod estavam na disputa ainda, porém também acabaram errando suas manobras nas últimas tentativas deixando o caminho aberto para Shane conquistar o titulo. Mas ainda faltava o último skatista antes de Shane comemorar. Chris Joslin veio sob a atenção de todos os presente e arriscou um um fs flip da rampa direto pro chão, mas não obteve sucesso. Resultado final: Shane O’neill campeão dos Super Crown da Street League pela primeira vez e com 150 mil dólares a mais no bolso.

O’Neill venceu também o Best Trick oferecido pela Diamond após a disputa principal, embolsando mais cinco mil dólares.

Resultados finais:

1. Shane O’Neill – 36,4
2. Nyjah Huston – 34,6
3. Cody McEntire – 34.4
4. Luan Oliveira – 33,5
5. Paul Rodriguez – 31.9
6. Tom Asta – 31,4
7. Chris Joslin – 27,7
8. Ryan Decenzo – 19.1

Fort abraço e beijo na bunda! 💋

Skate nas Olimpíadas

Skate nas Olimpíadas

Heey galera! Beleza?

Agora é oficial, o Skate é um esporte olímpico!

O COI (Comitê Olímpico Internacional) aprovou a inclusão do skate nos Jogos Olímpicos de Tokyo de 2020. Com a inclusão do skate e mais quatro novos esportes, essa é considerada a maior reforma da programação olímpica moderna dos últimos tempos!

Além do skate, também foram incluídos o surf, o beisebol, o alpinismo e o karatê (amei que o karatê agora também é um esporte olímpico, sou faixa verde no estilo shotokan e acho que já estava mais que na hora deles oficializarem isso).

No processo seletivo de inclusão, foram sugeridos 26 novos esportes chegando aos cinco contemplados propostos pelo Comitê de Tóquio e aprovados em seguida pelo Congresso do COI.

Segundo o relatório do COI “Os skatistas têm grande presença na mídia digital e influenciam milhões de pessoas nas mídias sociais”.

Já para o mestre Tony Hawk: “Para ser honesto, eu acho que eles precisam do skate mais do que nós precisamos deles”.

Na próxima olimpíada de 2020 a skatista profissional Leticia Bufoni estará representando o Brasil.

 

Nas redes sociais, nem todos curtiram essa novidade, na verdade algumas pessoas, inclusive skatistas demonstram um pouco de revolta sobre esse assunto, uns dizem que skate não é esporte, que não deveria se tornar esporte olímpico, que deveria estar longe disso e mais outras coisas…

Na minha opinião, por um lado isso pode ser bom, talvez role mais incetivo e tenha mais atletas skatistas. O skate é um dos esportes mais praticados no mundo, porém não é tão valorizado pelo resto da população e nem muito visado na televisão, depois disso terá mais respeito, então é bem mais que justo! Mas espero que não vire um esporte burocrático! E que o skate nunca perca esse ar marginalizado, tem que sempre manter a sua essência.

Eu sinceramente não curto muito assistir as olimpíadas, mas pretendo assistir a próxima de 2020 pra ver a competição de skate. Já até imagino a narração do Galvão Bueno: “cinquenta-cinquenta”.

E vocês, o que acharam dessa novidade?

Fort abraço e beijo na bunda! 💋